Nota 100 ! , por Ranieri Mena Barreto

agosto 15, 2014 | RANIERI BARRETO

Foto: Divulgação/CearaSC.com

Nesse jogo contra o Vasco Ricardinho completa 100 jogos pelo Vozão sendo uma das peças mais importantes do time. O jogador que compacta muito bem o meio e que tem um passe de maestro na hora de armar o time. A estabilidade e o termômetro do meio-campo alvinegro. Já foi camisa 10, hoje é mais um camisa 8: mas sempre foi o maior responsável por armar o Mais Querido. Entre 2009 e 2011 o forte do Ceará era joga pelas laterais e com um meio marcador: três volantes. Em 2012 vivemos a maior crise no setor que até Bruninho e Eusébio usaram a camisa 10 do time.
Tudo mudou em 2013 quando chegou no clube ele, Ricardinho. Passaram-se treinadores e o meia seguia firme e forte no clube. O homem dos passes longos e da compactação era o 10 até Sérgio Soares chegar e dar uma nova e acertada configuração no nosso meio-campo e achar para o Ricardinho a sua real posição: 2o volante, ou volante moderno. Nesse grupo que se completa, Ricardinho tem um papel crucial e difícil. Não é físico e habilidoso como o Nikão, nem tem a velocidade na hora de compor o ataque como o Eduardo ou a marcação do João Marcos, mas faz correr a bola e quebra a marcação adversária do jeito que nenhum drible, pique ou trombada pode fazer.
De fato, Ricardinho junto a Eduardo realizam no Vozão a compactação e alteração técnica sólida e necessária para jogar como nós jogamos: ofensivos sem se expor. Afinal, João Marcos, Ricardinho e Eduardo formam uma trinca de volantes quando o time perde a bola e os dois últimos uma boa dupla de meias quando vamos atacar.
Volante moderno, habilidoso, maestro. Parabéns pelos cem jogos, Ricardinho! Que traga os três pontos do Rio!

Ranieri Mena Barreto (@ranierimena)

Equipe Vozão.Com

Em prol do grande Ceará

Tags: