Toda ação corresponde a uma reação Ceará, Por Andrade Neto

fevereiro 8, 2015 | ANDRADE NETO

É amigos, infelizmente daqui a pouco nós  chegamos a conclusão de que o Penta não existiu. Deve ter sido algo de nossa pura ficção, ou que o fato não compete ao alvinegro. O que nos leva a refletir sobre tal fato é a quantidade de chacotas públicas que o título alvinegro vem sofrendo no ano de 2015, e ao mesmo tempo a inércia do alvinegro para com o fato.

Primeiro foram jornais que publicaram matérias afirmando que o título do alvinegro não foi ganho “dentro de campo”, quando todos sabem que o mesmo foi ganho sim dentro de campo, diferente do título de 2004, onde não houve disputa de final. Junte-se a isso, a denúncia do Vozão.com contra o site da Federação, onde a mesma descumpriu a ordem do TJDF, afirmando que a mentora tem 95 anos, e não 100, desconhecendo tudo que aconteceu entre os anos de 1915 a 1919 quando o Campeonato Cearense era regido pela Liga metropolitana, e essa já foi reconhecida como precussora da Federação. Ou seja, temos os títulos, mas o reconhecimento dos órgãos ainda tardam a acontecer.

Nessa sexta-feira outro fato chamou a atenção do torcedor Alvinegro. O presidente do Fortaleza, foi a TV Diário, e em entrevista simplesmente chamou o Penta do Ceará de “Título de Proveta”. Deixando bem claro como se o título fosse algo criado em laboratório. O fato não causou estranheza a arrogância dos Rivais para com o Vozão. O que nos gera o desconforto é a INÉRCIA do Ceará para com o fato.

Depois de tudo isso o que vemos? Como se nada tivesse acontecido. Ninguém do clube fala sobre o assunto, e tudo corre como se nada tivesse acontecido. No famoso ditado: “QUEM CALA CONSENTE”. É torcedor, daqui a pouco, o que eles falam, e nós só consentimos se tornará realidade, e os 5 títulos ganhos em campo, passarão a serem não reconhecidos publicamente. O que não queremos é que uma bonita história, a que foi do Penta-Campeonato do Ceará fique como a cara dos comentaristas da TV Diário quando o Sr. Jorge Mota bradou o tal “Penta de Proveta”, achando isso tudo muito engraçado.

 

Andrade Neto

Tags: