Mesmo chegando aos 10 mil sócios, Ceará ainda possui menos associados que clubes de menor expressão

abril 30, 2015 | DIA-A-DIA

Foto: Divulgação/CearáSC

Mesmo com a complicada situação financeira pela qual vive o futebol brasileiro, grandes times do eixo sul-sudeste vem enfrentando dificuldades para efetuar o pagamento mensal de suas dividas. Em caminho totalmente oposto, o Ceará vive um momento financeiramente equilibrado. Apesar da grande premiação recebida com a conquista da Lampions League, o time do povo não vive com os cofres cheios. Indubitavelmente, um dos principais responsáveis é o Programa Sou Mais Ceará.

O Ceará hoje (30) ultrapassou a marca dos 10 mil sócios torcedores adimplentes. Em contrapartida, o clube possui números baixos em relação a clubes de menores torcidas e expressão, como o Grêmio Osasco, Joinville e Chapecoense. Gerando uma receita perto da casa do meio milhão mensal, os planos atendem variados públicos, com valores que ficam entre R$ 12 e 200 reais.

Para que o clube siga no caminho certo, é necessário que mais pessoas possam aderir ao programa. Para um clube tradicional, que possui uma massa de fanáticos como o Alvinegro possui, o numero ideal seria no minimo de 20 mil associados.

Ao que tudo indica, os preços de ingresso para o Campeonato Brasileiro sofrerão reajustes, deixando ainda mais rentável se tornar associado ao clube.

Seja Sócio Torcedor !

Confira os planos e faça aquele que se adeque melhor a sua realidade financeira.

Weden Carlos

Equipe Vozão.Com

Tags: