Saiba quem é quem na Série B 2015

maio 7, 2015 | DIA-A-DIA, NOTICIAS

(Imagem:PapoAlvinegro)

A Série B 2015 começa nessa sexta-feira (08). Serão 20 equipes se enfrentando num campeonato de pontos corridos, 4 subirão para a elite do nosso futebol, 4 cairão e saberão como o Fortaleza se sente. Confira aqui, um raio-x das equipes, com direito a divisão entre clubes que são candidatos ao acesso, permanência e rebaixamento.

Permanência :

Boa Esporte/MG – Quando terminou a Série B 2014 em 6°, imaginou-se um começo de ano melhor para a equipe Mineira, ledo engano. O Boa Esporte escapou do rebaixamento no Campeonato Mineiro na ultima rodada. Além de ter sido eliminado dentro de casa, pelo Moto Club na Copa do Brasil. Com todos esses ingredientes, a equipe boveta não deve protagonizar na segunda divisão. Pelo fato de contratar e demitir de forma contínua, o Boa Esporte conseguiu a façanha de não ter nenhum destaque apontado aqui.

CRB – Advindo da Série C. E campeão Alagoano na temporada atual. Pode parecer severo, mas é inevitável, o Galo da Pajuçara briga para permanecer na segunda divisão. Moraes, o meia com passagens por Corinthias e Vasco, é a principal peça da equipe Alagoana.

Macaé – Um dos três algozes do Fortaleza que figuram na Série B. Mais do que isso, a equipe Carioca é atual campeã da 3° divisão. De quebra, fez ótima campanha no Estadual. Buscar o acesso é pedir muito, mas permanecer na Série B, seria natural nas atuais condições do Leão Praiano. O contestado Ricardo Berna, é o goleiro titular e principal nome da equipe Carioca.

Náutico – O Timbu vem amargando péssimas campanhas quer seja no estadual, ou em competições Nacionais. A contratação de jogadores experientes visa reabilitar a moral da equipe. Um desses veteranos é o destaque do Alvirrubro, se trata do zagueiro Fabiano Eller.

Oeste – Mais um algoz do Fortaleza que está na Série B. Recentemente a equipe conquistou o acesso para a elite do Paulistão. Tendo em mente permanecer na Segundona, a diretoria contratou oito jogadores. Se essa fórmula funcionará ?, quando a bola rolar, saberemos.  O meia Branquinho, é o dono da bola.

Paysandu – A tradicional equipe Paraense não foi bem no Estadual. Em compensação, conseguiu o acesso á Série B ano passado. Apesar da empolgação do seu torcedor, permanecer na Segundona é o que tem para hoje. O atacante Souza Caveirão é a referência do Papão da Curuzu.

Sampaio Corrêia – Depois de ter perdido na decisão do Maranhense, a equipe busca reabilitação na temporada. É uma pena que os recursos limitados impeçam que o Sampaio dê passos mais longos. Ficar na Série B está de bom Tamanho. Apesar dos problemas extracampo, o atacante Pimentinha sempre desequilibra quando veste a camisa da Bolívia Querida.

Vitória – Uma crise na direção causa desconfiança no torcedor. Após ser eliminado  pela terceira vez consecutiva para o Ceará no Nordestão, e não chegar sequer na final do estadual, o Vitória busca encontrar seu melhor futebol. O Leão parece que será um mero coadjuvante. O eficiente atacante Rhayner e o experiente meia Jorge Wagner são os principais nomes do Rubro negro Baiano.

Rebaixamento:

ABC – A equipe Potiguar vem de um vice-campeonato estadual. E na Série B 2014 escapou da terceira divisão nas ultimas rodadas. Nessa temporada o torcedor está na bronca com a equipe. Sendo assim, o mais querido potiguar , é apontado como candidato na briga contra o rebaixamento. O recém contratado Wellington Bruno, com passagens por Flamengo e Ipatinga, é o destaque do Alvinegro.

Atlético/GO – 7° colocado na ultima Série B, nem o torcedor mais pessimista imaginaria a crise que assola a equipe na atual temporada. O Dragão ficou entre as cinco piores campanhas no Estadual, atrás de equipes sem nenhuma expressão. Para solucionar os problemas, a polêmica diretoria contratou uma enxurrada de jogadores. Traçando o mesmo  caminho de equipes que já caíram, a equipe Goiana está no infame grupo de candidatos á Série C. Rafinha, vindo Flamengo, é a ultima esperança do Atlético.

Bragantino – Nenhuma outra equipe dessa segunda divisão tem tanto a “cara” da Série C como o Bragantino. Recém rebaixado no Paulistão, e com um lastimável 16° lugar na ultima Série B, a equipe de Bragança é sério candidato a queda. O atacante Diego Maurício, conhecido carinhosamente como “Droguibinha”, é o destaque da equipe. E ele realmente terá que jogar como o Atacante marfinense para livrar o Bragantino de um vexame nacional.

Criciúma – A vida não está nada fácil para a equipe Catarinense. Ultimo colocado no hexagonal final do Estadual, lanterna da 1° divisão ano passado, único grande de Santa Catarina que não está na elite do nosso futebol, inúmeras contratações em curto espaço de tempo. Fique a vontade para escolher qual o fator que põe o Tigre na briga para não cair. O experiente Cleber Santana tentará salvar a equipe de coisa pior.

Luverdense – 2015 está sendo tenebroso para a equipe Mato-grossense. Eliminado no Estadual e na Copa Verde, a diretoria contratou 10 jogadores, na tentativa de salvar o ano. Lucas do Rio Verde verá seu representante brigar para não cair. A eterna promessa Ciro, atacante com passagens por Sport e Fluminense, é o destaque da equipe até a próxima contratação.

Mogi Mirim – Mais um que subiu da Terceirona. O Carrossel Caipira fez uma campanha morna no Paulistão. E sua briga é para não cair depois de tanto tempo longe da Série B. O meia Hygor, subiu ano passado com o Joinville, e tenta transmitir sua experiência para o resto da equipe.

Paraná – Falido, simples assim. Eliminado de tudo que disputou até aqui, a diretoria já informou “ vamos jogar para ficar na Série B”. Mais isso é muita pretensão, o Tricolor parece estar destinado á 3° Divisão. Enquanto estiver por lá, Lúcio Flávio será o principal nome do Paraná.

Acesso:

Ceará – Campeão da Copa do Nordeste, e finalista no Campeonato Cearense. Não é de hoje que o Alvinegro vem impondo respeito no futebol nacional. Com uma administração sólida, aliada de uma invejável sinergia entre comissão técnica e atletas, o Vovô surge como um dos favoritos ao acesso. Sem Magno Alves, Ricardinho assume a função de referência da equipe.

América/MG – Curiosamente, como aconteceu na Série B 2014, aconteceu no Estadual desse ano: o Coelho ficou em 5° colocado, faltando poucos pontos para atingir seus objetivos. Para sair do “quase”, a equipe mineira dispõe sua esperança nos pés de Mancini, meia experiente,  com boa passagem pelo futebol italiano.

Bahia – Apesar de ter caído em 2015, o Bahia é uma das grande potências do Nordeste. Isso ficou evidente no fato da equipe ter chegado na final da Lampions League. Além de ter virado o placar na decisão do estadual, massacrando  o Vitória da Conquista, e ficando com o título. Esses motivos são mais do que suficientes para colocar o tricolor entre os candidatos ao acesso. O atacante Kieza desponta como candidato a herói do esquadrão de aço na temporada.

Botafogo – Um dos grandes do nosso futebol, a estrela solitária teve a infelicidade de estar presente numa das Séries B mais equilibrada entre todas as edições. Apesar do rebaixamento no Brasileirão, a equipe atravessa um bom momento, com direito a ser finalista no certame Carioca. Por conta da suspensão de Jóbson, Bill ficará com o título de destaque da equipe em nosso raio-x.

Santa Cruz – A equipe com uma das torcidas mais apaixonadas comemorou o título Estadual em 2015. Não será nada fácil, mas vamos dar um voto de confiança, e colocar a equipe Coral entre os postulantes ao acesso. O atacante Betinho, com passagem pelo Palmeiras, é o pé que balança a rede.

Weden Carlos

Equipe Vozão.Com

 

Tags: