COLUNAS: ACORDA VOZAO!

março 20, 2012 | ALBERTO LIMA

A derrota em um clássico tem seu peso, claro, todos sentem; torcida, elenco e diretoria, óbvio! todavia, seu efeito seria bem mais ameno se o torcedor tivesse visto seu time jogado bem, mostrando um padrão tático em evolução, jogadores bem fisicamente e produzindo o que sabem, enfim, se o torcedor visse melhoras… nesse caso, a derrota sempre amarga, teria um grande atenuante. Mas infelizmente, nem isso!

Nosso adversário, arrumadinho taticamente que estava, venceu com méritos. O Ceará, mesmo não jogando bem, conseguiu fazer um a zero com um gol de penalte e, naquele momento, poderia inclusive ter ampliado o placar, mas acabou desperdiçando as chances. No entanto, o que se viu a partir daí foi um Ceará recuado, acovardado e totalmente acuado na defesa para não sofrer o gol de empate que acabou acontecendo, só que para nossa infelicidade, em dose dupla, nos impondo uma derrota de virada. detalhe, tomamos dois gols em apenas CINCO minutos…

Passado o clássico…

O Ceará ontem voltou a jogar e venceu o Itapipoca por 3×0. Maravilha!  Em outros tempos, seria motivo para comemoração e muito entusiasmo por parte da torcida alvinegra. No entanto, os que foram ao PV viram outra pelada e mais uma apresentação pífia do time. É o chamado resultado enganoso, quem não o presenciou, não imagina a bolinha miúda praticada  pela equipe alvinegra. Por isso mesmo sigo achando que, campeonato estadual não é, e nunca foi uma referência confiável para quem vai disputar uma série b.

TREINADOR

Dimas Filgueiras acaba de entregar o cargo e não é mais o treinador alvinegro, parece ter passado mal depois do jogo de ontem. Francamente, um pouco mais de consciência por parte da diretoria e ele poderia ter sido poupado dessa…

Nos bastidores, fala-se muito na volta de PC Gusmão, é o dele o nome mais forte e especulado pelas mídia e pessoas mais próximas ao clube, não sei… mas independente de quem seja, que venha logo. A nação alvinegra agradece!

No Ceará, sobretudo na gestão do Evandro, profissionalismo, era a palavra de ordem. Implantá-lo em todos os departamento do clube era a ideia inicial da diretoria e assim vinha sendo feito. Fundamentado nessa filosofia que faço a seguinte reflexão – Ter Dimas Filgueiras, já com seus  quase setenta anos, tendo mais uma vez que fazer o papel de bombeiro e treinador tampão, coisa que se fazia nas gestões de vinte, trinta, e até quarenta anos atrás, não seria contraditório e também um grande retrocesso?

A instituição, Ceará Sporting Club, graças muito a gestão que aí está, e isso será sempre reconhecido, ganhou notoriedade e uma boa projeção a nível nacional. Finalmente, nosso Vozão é hoje um clube visto e acompanhado atenciosamente pela influente  mídia do eixo sul/sudeste, sobretudo pelo que fez e a transformação porque passou de 2009 para cá.

Esse crescimento senhores, não pode parar, precisa ter continuidade. Foi muito bom termos conseguido zerar nossas dívidas trabalhistas. Melhor ainda ver nossa sede estruturada e apta para a prática do futebol profissional e espetacular, o acesso conseguido em 2009, os dois anos de série A e a vaga inédita para a Sulamericana… tudo isso gera uma sombra confortável para se acostar e uma certa sensação de dever cumprido. Mas é importante que isso não aconteça, sob pena de vermos todo um trabalho de quatro anos ser, literalmente, jogado no lixo!

E aqui não se trata de nenhuma acusação ou crítica, é apenas um alerta, a opinião, e também um apelo de um alvinegro que segue confiante na seriedade, no empenho e na competência dos que hoje fazem e comandam o Mais Querido.

————————————————————–
Endereço de e-mail: bebetofuturo@hotmail.com

Tags: