COLUNAS: CLASSICO REI DO REINO DOS INSENSATOS

março 20, 2012 | DANILO LOPES

O que vocês lerão agora é uma opinião própria. Não é um posicionamento alvinegro, e sim de um torcedor que busca ser coerente, embora determinadas atitudes sejam tão difíceis em algo passional como o futebol. Todo início de ano temos o campeonato cearense que, apesar de deficitário e pobre, é nosso maior patrimônio futebolístico. É nesse campeonato que as duas maiores torcidas do estado tiveram, desde que foram fundadas, seu momento de gritar  É CAMPEÃO!
Para o sensato essa competição deveria ser tratada com zelo, estando as rivalidades colocadas em seu devidos lugares. A sensatez chamaria a Grande Mãe, a Federação Cearense de Futebol, e diria: ¨Seja sábia, chame seus filhos e discuta previamente tudo para evitar atropelos.

Chame também sua mídia e feche os acordos de forma a não gerar futuros conflitos. A praça esportiva que vocês têm à disposição possui lugares limitados e está localizada em uma região residencial, propícia para que os vândalos do futebol possam agir. Conversem e vejam que se fizerem seu maior espetáculo com torcidas misturadas vocês perderão financeiramente e tal espetáculo poderá fracassar. Muitos torcedores do bem evitarão ir com medo de brigas, além de existir obrigatoriedade na diminuição do público em, pelo menos, 5 mil pessoas”.
A sensatez avisou e, para sua surpresa, a Grande mãe e os dois filhos maiores optaram, inicialmente, pelo contrário, por um jogo com duas torcidas. Então, a sensatez sussurrou no ouvido do filho alvinegro e este resolveu solicitar à grande mãe um jogo de uma torcida somente. Nesse momento começou uma grande confusão no Reino da Insensatez que não vale nem à pena narrar, visto que tiraria a paciência de qualquer monge que lesse a narrativa.

Depois de tanta confusão, o Tribunal do Reino da Insensatez resolve finalizar a contenda e bate o martelo, conseguindo realizar o primeiro Clássico-Rei do Reino dos Insensatos. Muitos resolveram não participar do clássico, veriam na televisão. A mídia televisiva também foi ludibriada pela insensatez e não fez acordos financeiros prévios para que pudesse transmitir o a peleja, deixando para resolver mais uma pendenga no último minuto. Entre mortos e feridos, prejuízo para todos os lados. E Viva o Reino da Insensatez!!!

Tags: