COLUNAS: FALTA VONTADE SOBRA ESPERANÇA

março 20, 2012 | XAVIER NETO

A equipe do Ceará desembarca em Brasília com mil e um problemas. Não há como negar a crise gerada após o gol da vitória do rival, já no apagar das luzes do clássico rei. De lá para cá, caiu treinador, jogadores foram afastados, outros emprestados… Tudo mudou com apenas um gol do adversário. É a salutar rivalidade entre as equipes, que sempre existiu e sempre existirá.

Hoje o time está mambembe. Perdeu a identificação dentro de campo e a confiança da torcida fora dele. Trouxeram um treinador que a torcida não gosta e um preparador físico que o torcedor considera ultrapassado, acusado de usar técnicas que causam sérias contusões nos atletas. Torcedor não é bobo e reclama da secular política do bom e barato, que tantas consequências danosas trouxe ao clube durante muitos anos.

Nós, torcedores do Vozão em Brasília, estaremos no Bezerrão para empurrar a equipe para a conquista de uma vitória na estreia na Copa do Brasil, competição em que temos uma tradição de boas campanhas. Sabemos que o time terá desfalques importantes e que o Gama está embalado após a vitória, no último sábado, sobre o principal rival, o Brasiliense.

Temos um bom goleiro, uma zaga improvisada, um meio de campo embolado e um ataque destrambelhado. Mota, o principal ídolo, nem de longe repete aquelas atuações que o torcedor insiste em guardar na memória. Não arriscamos prognóstico para o jogo contra o Gama, pois tudo poderá acontecer. Inclusive, nada! Mas uma coisa é certa! Estaremos no Bezerrão gritando “pra cima deles, Vovô!”.

Se falta vontade de vencer dentro do campo, sobra esperança da torcida fora dele.

Por Xavier Neto,
De Brasília, para o Vozão.Com

Tags: