Colunas: A não admissão de um erro, por Andrade Neto

julho 4, 2018 | ANDRADE NETO, COLUNAS

Faltam exatos 14 dias para nossa re-estreia na série A.

Desde a nossa parada até agora foram 21 dias.

Até agora 2 contratações:

Eduardo Brock
Jown Cardona

A primeira pergunta é:

Será que a diretoria acha que o clube está numa má situação, ou anda tudo normal?

Na minha opinião tá tudo normal para eles, dentro do planejado. Se levarmos em consideração que 2 contratações seria o padrão para um time que estaria no G-4 da série A, então não vejo porque desespero, eles estão com tudo planejado.

A segunda pergunta é:

Vamos supor que as contratações sejam feitas agora, faltando 14 dias para re-iniciar a série A, isso estaria certo? Porque não foi feito antes?

Se a lógica era re-montar o time, e tínhamos 5 semanas, em 2 semanas traríamos os reforços para preparar em 3 semanas, mas não, até agora só trouxemos 2. Então se estão pensando assim, o planejamento está completamente equivocado, não alcançando nenhum resultado a reformulação, ou seja, mais uma vez incompetência administrativa. Ou então, voltaríamos a lógica da pergunta anterior (o time era bom, estava levando era azar).
A Terceira pergunta é:

Vamos supor que precisávamos contratar, porque contratamos jogadores parecidos com os que temos no elenco, e até em posições que em nosso elenco consideramos boas, e não investimos realmente para trazer qualidade no elenco? Ou seja, onde está o dinheiro para as contratações?

A diretoria deveria realmente expor para a torcida a situação se tem ou não tem dinheiro, se vai ou não vai contratar. Porque só sendo muito otimista em achar que essas contratações seriam de jogadores de qualidade. Acredito que pode até dar um resultadozinho aqui acolá, até porque o time tava jogando melhorzinho que no início do campeonato, mas não o suficiente para fazer 40pts em 26 jogos (campanha de libertadores) nessa reta final.

Como a torcida está apática, o conselho todo amarrado pela diretoria executiva, resta-nos apegarmos aos céus, ou sendo realista, acreditar nos 18pts até o fim do campeonato e não fazer a pior campanha da história da série A.

“O pior erro do ser humano, é não admitir o próprio erro.”

Obrigado diretoria.

 

Por Andrade Neto

Tags: