Os ensinamentos de Central 1 x 1 Ceará

fevereiro 7, 2019 | NOTICIAS

Foto: Israel Simonton/CEARASC.COM

Mesmo com a classificação diante do Central (empate em 1 a 1), na noite desta quarta-feira (7), no estádio Lacerdão, pela primeira fase da Copa do Brasil, alguns ensinamentos ficaram para a equipe do Ceará.

A primeira delas é que, mesmo sendo começo de temporada, o meio campo é muito lento e desta forma, consequentemente a transição para o ataque é vagarosa. Com isto, é necessário ter atletas que “furem” as linhas e ataquem com mais verticalidade.

Ricardinho e Ricardo Bueno não apresentam a explosão ofensiva para que possam aproveitar boas oportunidades, principalmente em contra ataques. Na metade da primeira etapa ambos tiveram grandes chances de “matar o jogo”, mas a falta de velocidade fez com que os defensores do Central chegassem, mesmo distantes no momento do ataque.

Do meio para o fim do jogo, Edinho não teve mais condições físicas de acompanhar os velozes meias do time pernambucano, e mesmo em alguns momentos com um a mais, o Ceará levou contra ataques inadmissíveis.

Chico, no lado de campo, e Roger centralizado pedem passagem na equipe principal.

Por fim, é preciso reforçar o elenco com atacantes que jogam pelo lado de campo. O maior pecado de 2018 volta a se repetir, mas por sorte estamos no começo da temporada e isso pode ser resolvido sem maiores dificuldades.

Tags: , , , , ,